top of page

Câncer nos olhos: saiba como identificar o Retinoblastoma

O Retinoblastoma é um tumor maligno que afeta a retina, a parte do olho responsável pela visão. É um tipo de câncer ocular raro, mas é importante estar atento aos sintomas para garantir um diagnóstico precoce e um tratamento adequado.


Um dos principais sintomas do Retinoblastoma é o chamado “Olho de gato”, uma área branca e opaca na pupila que é facilmente visível em fotos tiradas com flash. Além disso, a criança pode apresentar problemas na movimentação do olho, como estrabismo, redução da visão em um olho, dor no olho, globo ocular maior que o normal e olho preguiçoso (ambliopia).


O diagnóstico do Retinoblastoma pode ser feito durante o exame oftalmológico de rotina, quando o médico pode observar as alterações na retina. O teste do olhinho, realizado logo após o nascimento, também pode identificar o tumor em estágios iniciais.


É recomendado que a primeira consulta com um oftalmologista pediátrico ocorra entre 6 e 12 meses de vida, salvo se a criança apresentar alguma manifestação ocular que exija consulta oftalmológica antes dos 6 meses de vida. A detecção precoce é fundamental para garantir um tratamento adequado e aumentar as chances de cura.


O tratamento do Retinoblastoma pode incluir quimioterapia, radioterapia, terapia localizada e cirurgia, dependendo do estágio do tumor e da idade da criança. O prognóstico varia de acordo com o estágio do tumor no momento do diagnóstico, mas as chances de cura podem chegar a 90% quando a doença é identificada precocemente.


Por isso, é importante estar atento aos sinais e sintomas do Retinoblastoma e realizar exames oftalmológicos de rotina, principalmente nos primeiros anos de vida da criança. Ao sinal de qualquer alteração, procure um médico oftalmologista para um diagnóstico precoce e um tratamento adequado.




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page