top of page

Como é feito o diagnóstico do câncer de colo de útero?

O câncer de colo de útero é uma das principais causas de morte por câncer entre mulheres em todo o mundo, mas pode ser detectado precocemente através do exame de Papanicolau, colposcopia e biópsia do tecido do colo do útero. No entanto, apesar da importância desses exames, muitas mulheres ainda não realizam o diagnóstico da doença.


O exame de Papanicolau é um teste simples e rápido que consiste na coleta de células do colo do útero para análise em laboratório. Ele pode detectar alterações celulares que podem indicar a presença de lesões pré-cancerígenas ou do próprio câncer. A colposcopia, por sua vez, é um exame em que o médico utiliza uma lente de aumento para examinar a vagina e o colo do útero, podendo identificar lesões e áreas suspeitas.


Se houver alguma suspeita de anormalidade durante a colposcopia, é comum que seja realizada uma biópsia do tecido do colo do útero para avaliação mais detalhada das células e confirmação ou não da presença de células cancerígenas.


É importante lembrar que a prevenção é a melhor forma de combate ao câncer de colo de útero. A realização do exame de Papanicolau anualmente é fundamental para a detecção precoce da doença e consequentemente, aumentar as chances de cura. Além disso, é fundamental manter os hábitos de vida saudáveis, como a prática regular de exercícios físicos, alimentação balanceada e evitar o consumo de tabaco e álcool.


É preciso conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de colo do útero e a relevância dos exames de rotina. Compartilhe essa mensagem com uma amiga e ajude a prevenir essa doença.





6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page