top of page

5 dicas para papais com crianças com câncer

Ter um filho diagnosticado com câncer é uma situação extremamente difícil para qualquer pai ou mãe. É natural sentir medo, ansiedade e incerteza diante desse desafio. No entanto, é importante lembrar que você não está sozinho e que há maneiras de lidar com essa situação da melhor forma possível. Confira 5 dicas para papais com crianças com câncer.


1 – Conversar em particular sobre a doença


Quando uma criança é diagnosticada com câncer, é importante que os pais conversem com ela sobre a doença. No entanto, essas conversas devem ser realizadas em particular e com cuidado, evitando assustar a criança ou deixá-la ainda mais ansiosa. Tente explicar a doença de uma forma que a criança possa entender e responder às suas perguntas com paciência e honestidade.


2 – Evitar conversar sobre a situação na frente da criança


Embora seja importante que os pais conversem sobre a doença com a criança, é recomendável evitar conversas sobre a situação na frente dela. A criança pode ficar ainda mais ansiosa e preocupada ao ouvir os pais discutindo a situação e pode sentir que é o motivo da tristeza deles.


3 – Continuar com todas as atividades que causam prazer e felicidade na criança


Embora a doença possa trazer muitas limitações para a criança, é importante continuar com todas as atividades que a fazem feliz e trazem prazer. Isso pode incluir brincar, fazer atividades em grupo, ler histórias ou assistir filmes. Essas atividades ajudam a criança a se distrair e a lidar com a situação de forma mais positiva.


4 – Dividir as responsabilidades


Cuidar de uma criança com câncer pode ser exaustivo, tanto física quanto emocionalmente. É importante que os pais dividam as responsabilidades para evitar sobrecarga. Isso pode incluir cuidar da criança em dias alternados, dividir as tarefas domésticas e financeiras, entre outras.


5 – Pedir ajuda a profissionais da saúde


Os profissionais de saúde, como psicólogos e assistentes sociais, podem ser fundamentais para ajudar a lidar com a situação. Eles oferecem apoio emocional, orientação e suporte prático para os pais e para a criança. É importante não hesitar em pedir ajuda quando necessário.


Lidar com um filho com câncer não é fácil, mas é possível enfrentar essa situação da melhor forma possível. Conversar com a criança, evitar falar sobre a situação na frente dela, continuar com as atividades que a fazem feliz, dividir as responsabilidades e pedir ajuda a profissionais da saúde são algumas das estratégias que podem ajudar os pais a enfrentar essa situação de forma mais positiva e eficaz.



3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page